Ação do Dia internacional da Mulher na Pastoral da Mulher de Juazeiro


Em alusão ao dia Internacional da Mulher, data comemorada no dia 08 de março, a Pastoral da Mulher de Juazeiro promoveu um dia especial para o público atendido.
A ação aconteceu na sede, no dia 07 do mesmo mês e iniciou com um almoço, que contou com a participação de 37 mulheres. Após a refeição, essas puderam desfrutar de várias atividades.
Em tempos de lutas pela garantia e efetivação dos direitos, não poderíamos deixar de trazer um debate sobre o tema. A convidada Dalila Carla dos Santos, Professora de Comunicação Social da Universidade Estadual da Bahia (UNEB) e representante da Marcha Mundial de Mulheres, facilitou uma roda de conversa fomentando uma reflexão sobre o imaginário social da mulher na sociedade e a história de lutas feministas por direitos, elucidando que o dia 8 de março é uma data representativa, contudo a batalha deve ser diária na busca por romper a desigualdade de gênero.




O Centro de Informação em DST/AIDS (CIDHA), parceiro da Pastoral, esteve presente, representado por profissionais de enfermagem, Marinalva, Rosa e Sandra, e pela Assistente Social Célia Felix, realizando testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite B e C. Foram feitos cerca de 27 testes, cuja execução, leitura e interpretação dos resultados são feitas em, no máximo, 30 minutos. Ainda na área de saúde, representantes da Pastoral da Saúde, Carminha e Flávia, fizeram aferição de pressão arterial durante toda a tarde.



Também foram ofertados serviços na área de beleza, como hidratação e escova e contamos ainda com a parceria de duas designers de sobrancelhas, Érica Lamara e Joelma

Representantes da Avon montaram um pequeno estande onde fizeram demonstração de produtos e cadastramento de novas revendedoras; e a professora de Educação Física da Faculdade Anhanguera, Vera, esteve presente ministrando uma aula de zumba para as mulheres.

A equipe fez um animado sorteio de brindes doados por parceiros e distribuiu como lembrança um chaveiro personalizado que traz a imagem de Frida Khalo, com sua celebre frase: “Nada é absoluto. Tudo muda, tudo se move, tudo gira, tudo voa e desaparece.”
Frida foi a personalidade feminina escolhida para representar a força e a luta por igualdade e liberdade das mulheres.

Fonte: Pastoral da Mulher.





Nenhum comentário: