Oficina de Pizzas desperta participação das mulheres em Juazeiro

A Pastoral da Mulher, Unidade Oblata de Juazeiro realizou mais uma oficina rápida, nos dias 16 e 17 de Julho. Sendo esta de Pizzas. O encontro foi marcado pela participação de 12 mulheres, onde receberam dicas de como preparar a massa base para pizza comum e pré-assada, como forma de oferecer opções de preparo caseiro e comercial.
 
Esta atividade despertou o desejo de participação de mulheres que ainda não tinha frequentado a sede da Pastoral da Mulher, o que consideramos positivo, principalmente por que houve interação e dinamismo entre todas.
 
O momento final da oficina se deu com a partilha das pizzas produzidas pelas mulheres, onde a equipe juntou-se a todas para celebrar mais um aprendizado. A agente Mônica Pereira, que acompanhou a atividade juntamente com as mulheres, avaliou a mesma como um momento excelente, onde o resultado final da produção havia qualidade, sabor e inovação, principalmente nos recheios das pizzas.
 
Devido a demanda existente outra, Oficina de Pizza será ofertada nos dias 29 e 30 do mês em curso.
 
 

Em Petrolina acontecerá evento para mulheres em situação de violência doméstica

 
Petrolina realizará projeto de intervenção em saúde para mulheres em situação de violência doméstica, na próxima segunda (29). O projeto -denominado de “Oficinas Interventivas com Mulheres Vitimas de Violência Doméstica”-  é promovido pela secretaria da Mulher de Petrolina.
 
O objetivo é intervir em saúde para as mulheres que estão em situação de violência doméstica. A ação tem parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), através da Professora Margaret Olinda de Souza Carvalho e Lira, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e com o Núcleo de Prevenção da Violência e Acidentes, que faz parte da secretaria de Saúde.
 
Além de oficinas, a iniciativa também terá uma palestra inicial e dinâmicas de grupo, com foco no desenvolvimento de expressão de vivências e sentimentos relacionados ao tema. A palestra acontecerá na abertura do projeto, a partir das 9h, no Centro de Referência da Mulher Valdete Cezar (CRAM) e contará com a participação da professora.
 
De acordo com a secretária da pasta, Roseane Farias, a ação será realizada até o fim de setembro. “É um projeto novo. Esperamos atender  a nossa estimativa de mais de 100 mulheres que já passaram pelo CRAM, de 2012 para cá”, pontua Roseanne.
 

Pastoral da Mulher de Juazeiro é convidada a participar do Fórum Permanente de Saúde Mental


 
A Prefeitura Municipal de Juazeiro, junto a Secretaria Municipal de Saúde vem realizando, junto à equipe do Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e outras Drogas/ CAPS, um Fórum Permanente de Saúde Mental.
Desde janeiro, o Fórum tem acontecido em reuniões mensais, reunindo profissionais da Rede de Atenção a Saúde para discutir casos do território e estratégias de cuidado de forma coletiva.
Considerando os dispositivos de assistência social que a Pastoral da Mulher de Juazeiro utiliza, o convite foi estendido à Pastoral, por ser considerada importante a sua a participação num evento deste porte.
Desde abril, Railane Delmondes - Agente Social da Pastoral da Mulher, vem participando do encontro, que conta também com profissionais da área de saúde, assistência social, educação e estudantes.
O convite surgiu a partir da reflexão de que a Pastoral da Mulher pode agregar novos saberes, ampliar as discussões e contribuir com as intervenções a serem realizadas.
O Fórum, que no último dia 23/07, aconteceu na Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus/Juazeiro, tem sido ainda um espaço de parceira com as instituições envolvidas e na multiplicação do conhecimento do trabalho da Pastoral da Mulher de Juazeiro.
O próximo Fórum Permanente, que é aberto ao público, acontecerá também na UNIVASF no dia 20 de agosto, com a participação da Pastoral da Mulher de Juazeiro.

Missão Oblata atravessa o Rio São Francisco e chega a Petrolina

Petrolina/PE é um munícipio que em conjunto com Juazeiro/BA, forma o maior aglomerado urbano do semiárido. É também a 6ª maior economia do Estado de Pernambuco, com um PIB de R$ 3,1 bilhões. No ano de 2010 , a economia da cidade teve uma alta, voltando a ser a 1ª cidade com o maior PIB do interior de Pernambuco.
 
Com todo esse desenvolvimento, algumas atividades, a exemplo da prostituição obtiveram um crescimento considerável em torno da cidade.
 
Por esse motivo, após alguns encontros e debates entre a Pastoral da Mulher de Juazeiro – Unidade do Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, que completa 35 anos no próximo mês de agosto, e a Pastoral Social de Petrolina, coordenada pelo Padre Luis Ângelo, tendo o apoio de Dom Manoel – Bispo de Petrolina, floresceu o desejo de iniciar um trabalho com as mulheres em situação de prostituição em Petrolina.
 
Nesse sentido, voluntárias/os das paróquias e pastorais da Diocese de Petrolina foram convocadas/os para o trabalho, com o intuito de mapear os locais de prostituição na cidade. Para isso a equipe da Pastoral traçou um plano de formação a ser executado para preparação das pessoas que vão se inserir nesse trabalho.
 
Presente em 15 países, o trabalho das Irmãs Oblatas no Brasil possui sedes em três capitais, que são: Belo Horizonte/MG e São Paulo/SP, Salvador/BA, e uma no interior, Juazeiro/BA.
 
Dando início à formação, no primeiro encontro, foram trabalhados os imaginários em relação à prostituição, onde se pôde observar que os participantes refletem as experiências construídas desde a infância.
 
Já no segundo encontro foi trabalhada a temática “A prostituição no Brasil contemporâneo: um trabalho como outro qualquer?”, buscando refletir a amplitude do que é trabalhar com mulheres em situação de prostituição, as forma de atuação, entre outras.
 
A formação passará por várias etapas, incluindo estudos de textos e teses que envolvem a realidade da prostituição, bem como a análise de leis, inclusive do projeto apresentado pelo deputado Jean Willys, que prevê a regulamentação da atividade da prostituição.
 
O encerramento da formação se dará com a realização de uma oficina prática sobre a abordagem no mundo da prostituição.
 
A formação das/os voluntárias/os que atuarão com as mulheres em situação de prostituição em Petrolina, vem sendo conduzida por Fernanda Lins, Assistente Social - coordenadora da Pastoral da Mulher e pela Educadora Social, Ana Paula Santos.

Pastoral da Mulher de Juazeiro recebe visita da Irmã Analita e comitiva

Desde que foram convidadas por Dom José Rodrigues, então Bispo de Juazeiro, para realizarem um trabalho local com as mulheres em situação de prostituição e coordenar a Pastoral da Mulher de Juazeiro, as Irmãs Oblatas passaram a manter uma relação estreita com o município, contribuindo significativamente no desenvolvimento social das famílias e das mulheres que estão envolvidas neste contexto.
A Pastoral da Mulher de Juazeiro, que é uma Unidade Oblata por estar vinculada diretamente ao Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, recebe a visita da Irmã Analita Albani - Coordenadora Geral do referido Instituto, que engloba quatro países, sendo três sul-americanos e um africano: Brasil, Argentina, Uruguai e Angola.
Para esta visita, programada para os dias 1º e 2 de Julho, a Irmã Analita está acompanhada das Irmãs Mirta Sanchez (Argentina) e Olga Colipe (Uruguai), tendo o cunho de apresentá-las a realidade das mulheres em situação de prostituição na região, bem como, compartilhar as experiências vivenciadas pelas Irmãs em seus países de origem.
Em Juazeiro, a Pastoral da Mulher, que é coordenada por Fernanda Lins - Assistente Social, completa este ano 35 anos de atividades com mulheres em situação de prostituição. Mantendo sempre as bases pedagógicas, sociais e da fé, propagada pelo Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor.
Após está visita em Juazeiro, as Irmãs seguem para Salvador/BA, onde visitarão a Unidade Força Feminina, também vinculada à Rede de Pastoral Oblata.