Diocese inicia Novenário e Festa da Padroeira em Juazeiro BA

Com o tema “Maria Mãe da Misericórdia”, foi lançada oficialmente, a programação da Festa da Padroeira de Juazeiro, Nossa Senhora das Grotas, no Auditório Papa Francisco localizado na Casa Paroquial da Catedral-Santuário.
Há 310 anos, a tradição na Diocese de Juazeiro tem levado os fiéis a demostrarem o seu amor e devoção à imagem encontrada por um índio às margens do Rio São Francisco no ano de 1706. A abertura do novenário acontece no dia 30 de agosto e segue em preparação para a festa do dia 8 de setembro.

No dia 7 de setembro, logo após a missa às 21h, haverá uma carreata de envio da imagem de N. Sra. das Grotas para a Igreja Matriz da Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus no bairro: Piranga, em Juazeiro, de onde a santa sairá no dia 8 de setembro às 17h. 
Esse ano também acontece a celebração especial voltada para os 13 anos de bispado do bispo Dom José Geraldo da Cruz e a passagem de pastoreio à Dom Carlos Alberto, que é bispo coadjutor da Diocese. A cerimônia acontece durante missa campal no último dia de novena, na Praça da Catedral.

“Vamos aguardar, pois acreditamos que o Papa Francisco deve assinar a demissão até sete de setembro”, disse Dom José Geraldo, que ressaltou ainda os serviços dedicados ao plano pastoral da Diocese.
“Não digamos que será um legado, mas continuarei ajudando no serviço da diocese como bispo emérito, vou permanecer em Juazeiro, acreditando que a missão deve continuar para o andamento do projeto do reino de Deus”, acrescenta Dom José Geraldo.

O vigário geral de Diocese de Juazeiro, Padre Josemar Mota ressalta que o objetivo da festa é “refletir sobre a misericórdia divina, que nos foi revelada em Jesus de Nazaré, quando nos mostrou que o caminho para estarmos em comunhão com Deus – Pai é o caminho da compaixão para com os irmãos. Desejamos ser uma igreja misericordiosa, samaritana, comprometida com a vida, estendendo as mãos aos irmãos, principalmente os pobres e sofredores”, frisa Josemar Mota.

Fonte: http://www.odiariodaregiao.com/novenario-e-festa-da-padroeira-de-juazeiro-sao-lancados-oficialmente-na-diocese/ 

Bairro dominado por prostituição segue rotina um ano após denúncia

Jardim Paraíso, em Rio Preto, também tem casos de tráfico de drogas.
TV TEM mostrou situação dos moradores há um ano.

Mulheres fazem prostituição em plena luz do dia (Foto: Reprodução / TV TEM)
Mulheres fazem prostituição em plena luz do dia
(Foto: Reprodução / TV TEM)

Após um ano da reportagem feita pela TV TEM sobre a situação de risco que vivem moradores do bairro Jardim Paraíso, em São José do Rio Preto (SP), por causa do tráfico de drogas, prostituição e violência, uma equipe de reportagem voltou ao local e ouviu de moradores que pouca coisa mudou de um ano para cá.

Anel com um botão de 'pânico' pode garantir a segurança dos usuários

Anel é discreto e ajuda na segurança do usuário 
 
Ao ativar o dispositivo de segurança por três segundos, os contatos cadastrados receberão um alerta para fornecer ajuda.

Venha participar conosco!!!


Concentração as 07:00 na Orla Nova.

Como as rotinas de crianças podem ser profundamente marcadas por gênero?

 

Relações de gênero permeiam o cotidiano das crianças desde cedo. Meninas e meninos aprendem, por processos ora sutis, ora escancarados, qual é o lugar social que devem ocupar na sociedade em função de seu sexo. Procurando compreender como crianças vivenciam essas relações de gênero em suas rotinas fora da escola, realizamos uma pesquisa que foi publicada no artigo Casa, rua, escola: gênero e escolarização em setores populares urbanos (SENKEVICS & CARVALHO, 2015). Neste texto, trazemos uma síntese de nossos resultados.
 
Por Adriano Senkevics, do Ensaios de Gênero

Menina trocada por cabra: a tragédia do casamento infantil no Afeganistão

O caso provocou indignação no Afeganistão. E é indício de um problema ainda muito maior, que persiste apesar de inúmeras campanhas.
 
Do Uol
 
Trata-se de uma família rural – e extremamente pobre – afegã que vendeu sua filha de 6 anos a um homem mais velho, de cerca de 40 anos, em troca de uma cabra. A informação foi confirmada à BBC por funcionários do governo.

Chile discute aborto após menina de 11 anos engravidar de padrasto

eldinamoChile pode legalizar aborto em caso de estupro, de risco à vida da mãe e de inviabilidade do feto. Foto: El Dínamo

 
No Chile, uma menina de 11 anos engravidou após ter sido estuprada por seu padrasto, de 41 anos. O crime, revelado nesta semana, gerou indignação no país, onde não há previsão legal de aborto. O caso ocorreu na cidade de Villarrica, na região da Araucanía.