A vida das trabalhadoras sexuais na maior favela do mundo

Kahfee, de 41 anos, trabalha como prostituta desde os 19. Ela não faz ideia de quem são os pais de seus filhos. Foto: Edu Martins/ VICE Brasil
 
Kibera, que você já viu no filme O Jardineiro Fiel, é um imenso pedaço de terra sem saneamento e outros direitos básicos que, mesmo assim, reúne gente que espalha por 15 grandes comunidades em Nairóbi, a capital do Quênia. Ocupada por soldados núbios na década de 1910, Kibera significa "floresta" – o que de fato era antes de se tornar, ao longo de um século, na maior favela do mundo.
 

Pare de querer consertar os homens com quem você se relaciona

 
É, amor, eu sei que você é tão viciada nisso quanto eu. Mas não se iluda, não.
 
Por Débora Nisenbaum, do Medium 
 
Você não vai transformar esse cara através da onipotência do seu amor.
 
Ele não vai mudar e se tornar uma pessoa carinhosa, cativante e cheia de vontade de criar um futuro contigo se agora ele já não é.
 
Sabe por que? Porque isso vem de dentro. E se não está dentro, não vem de fora.

14 sinais de que você é vitima de abuso psicológico – o Gaslighting


VOCÊ SÓ PODE ESTAR LOUCA, ISSO NUNCA ACONTECEU
 CUIDADO, VOCÊ ESTÁ DESCONTROLADA
 ISSO É COISA DA SUA CABEÇA

Se o seu companheiro fala com frequência uma dessas frases ou coisas semelhantes, se você duvida da sua percepção diante dos fatos e da sua sanidade mental, cuidado, você pode estar sendo vítima de abuso emocional, também conhecido como gaslighting.
 
por Fernanda Vicente no Ondda

Um em cada três brasileiros culpa mulheres em casos de estupro, diz Datafolha

estupro

Um em cada três brasileiros acredita que, nos casos de estupro, a culpa é da mulher, de acordo com pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgada nesta quarta-feira (21).
 
Segundo o levantamento, entre os homens o pensamento ainda é mais comum: 42% deles dizem que a violência sexual acontece porque a mulher não se dá ao respeito ou usa roupas provocativas. A culpabilização da vítima também acontece entre as mulheres, que são as que mais sofrem com o crime: 32% concordam com a afirmação.

Rota migratória intensifica máfia da prostituição na Itália

Tráfico de nigerianas, denunciado há ao menos três décadas na Europa, dobrou de 2015 para 2016

A nigeriana Isoke Aikpitanyi, de 38 anos, chegou à Itália com a perspectiva de trabalhar. Acabou numa rede de prostituição, explorada pelas máfias italiana e nigeriana. Foi humilhada, violentada por traficantes e obrigada a trabalhar nas ruas de Turim por 10 euros o programa.

20 propagandas do início do século XX que mostram como era “perigoso” o direito das mulheres

 

Estes cartão velhos do início do século XX foram usados como propaganda por homens que queriam impedir que as mulheres tivessem mais direitos. Embora elas fizessem campanhas incansavelmente para mudarem seus status naqueles dias, muitos homens discordaram que as mulheres tinham mais direitos e até mesmo as consideravam perigosas.

Japonesa forçada a prostituição ‘esteve’ com 1,3 mil homens em 8 meses


Uma mulher, de 29 anos, disse à Polícia Metropolitana de Tóquio que foi forçada por uma “amiga” a se prostituir em Tóquio e na província vizinha de Shizuoka, entre outubro do ano passado e junho deste ano, período que afirma ter “dormido” com aproximadamente 1,3 mil homens, informou ontem (2) o jornal ‘Sankei’.